Entenda como funciona um pregão presencial

Entenda como funciona um pregão presencial

O pregão presencial corresponde a uma modalidade de licitação realizada pela União, estados e municípios para a aquisição de bens e serviços comuns. O pregão presencial é mais tradicional que sua versão on-line e funciona a partir de regras preestabelecidas, que são divulgadas e exigidas para todas as empresas que desejam concorrer à licitação disponibilizada.

Apesar de o pregão eletrônico estar se tornando cada vez mais popular, a modalidade presencial ainda é muito usada e pode representar ótimas oportunidades de negócios.

Neste artigo vamos falar sobre o tema e mostrar as principais características do pregão presencial, além de como ele pode ser aproveitado para oferecer um serviço de qualidade e otimizar os resultados da empresa.

Continue a leitura e acompanhe!

Como o pregão presencial ocorre?

O pregão presencial ocorre em instalações de órgãos públicos, por meio de uma sessão pública, onde devem estar presentes as empresas licitantes ou seus representantes legais (devidamente cadastrados). São eles que realizam lances verbais na tentativa de serem escolhidos para a prestação do serviço demandado.

A modalidade do pregão é regulamentada pela Lei nº10521/2002 e tem como finalidade a contratação de bens e serviços comuns. Qualquer empresa que atenda às exigências preestabelecidas pode participar.

Como se preparar para participar de um pregão presencial?

Para se preparar para participar de um pregão presencial, é necessário:

  • ler o edital de da licitação;
  • elaborar uma proposta de acordo com o edital divulgado;
  • apresentar a documentação de acordo com as exigências do edital, para a realização do credenciamento da empresa.

Etapas do dia do pregão presencial

Primeiramente, a sessão é aberta pelo pregoeiro, sendo que, após esse momento, não é permitida a admissão de novas empresas participantes.

Em seguida, os representantes de cada empresa devem realizar o credenciamento e a identificação. São válidos documento de identidade ou equivalente, instrumento particular ou público de procuração, cópia do estatuto social ou contrato social vigente da empresa (se for sócio, proprietário ou dirigente da empresa) e envelopes de recolhimento. Os conteúdos dos envelopes devem conter uma proposta e os documentos de habilitação.

Depois que todas as empresas cumprem esse rito, acontece a abertura dos envelopes de propostas e as respectivas leituras dos valores em voz alta.

Também é feita a desclassificação das propostas que não estejam de acordo com o edital, assim como a classificação das que estiverem em ordem. A partir disso, há a indicação de quais empresas vão participar da fase de lances verbais.

Participam dessa etapa o licitante que apresentar a proposta de menor valor e os demais que estiverem dentro do limite estabelecido de até 10% acima dele.

Viu como funciona o pregão presencial e a relevância dessa modalidade comparada aos pregões on-line? Conhecer as etapas apresentados neste artigo é necessário quando se quer participar de um pregão presencial e obter boas oportunidades de negócios. Lembrando que, quanto mais conhecimento o gestor tiver, melhores são as possibilidades de retornos positivos.

Agora que você já sabe a importância do pregão presencial, que tal saber um pouco mais sobre o pregão eletrônico? Confira nosso artigo e conheça 5 motivos para participar de pregão eletrônico.

Compartilhe